Cuidados especiais com a pele e o cabelo durante o inverno

Publicidade

Os cuidados com a pele e o cabelo durante o inverno devem ser redobrados. Visto que, nessa época do ano a umidade fica mais baixa e a poluição do ar mais concentrada.

Além disso, nos dias frios temos a prática de tomarmos banhos mais quentes e demorados.

Logo, esses aspectos contribuem para que os fios e a pele fiquem ressecados e/ou mais oleosos. Pois, o corpo percebe que os mesmos necessitam de hidratação e proteção.

Tanto a pele quanto o cabelo precisam de atenção especial nesse período.

Porém, não bastam somente os cuidados externos, também é necessário atentar-se para a alimentação e a ingestão da quantidade correta de água.

Para manter a saúde e proteção do corpo nesse período, veja algumas dicas que você pode seguir!

Cuidados com a pele e o cabelo durante o inverno

Cuidados com a pele e o cabelo durante o inverno

1. Beba bastante água

Sabemos que no inverno é mais difícil de ingerirmos a mesma quantidade de água do que no verão.

Contudo, nosso corpo continua trabalhando da mesma forma. Logo, para mantê-lo sempre hidratado e com suas funções saudáveis é preciso fazer esse esforço.

A água é responsável por transportar oxigênio, nutrientes e diversos outros componentes das células.

Além disso, é ela que desintoxica e hidrata o organismo, bem como, regula a temperatura do corpo.

Portanto, carregue sempre uma garrafinha de água com você e evite diversos problemas e possíveis desconfortos.

2. Cuidado com a temperatura do chuveiro

A água quente do chuveiro é uma grande vilã durante o inverno. Pois, ela é uma das maiores contribuições para deixar a pele extremamente ressecada.

Onde quem possui a pele seca pode acabar sofrendo com sensibilidade, descamação e vermelhidão.

Já quem tem a pele oleosa pode acabar deixando-a ainda mais oleosa e com os poros abertos.

Além dos problemas que causa na pele, a água quente também prejudica muito a saúde do cabelo. Visto que, retira o óleo natural do couro cabeludo, deixando os fios ressecados, quebradiços e com alta porosidade.

Por isso, durante os dias frios lembre-se de deixar a água do chuveiro sempre na temperatura morna.

3. Evite o uso de buchas

As buchas vegetais acabam retirando a camada protetora da pele, que consequentemente já está mais sensível devido aos outros problemas.

Afinal, ela acaba removendo demais a oleosidade natural da pele, deixando-a ressecada e sensível, devido ao efeito de esfoliação que ela causa.

Consequentemente, evite o uso excessivo da bucha vegetal durante o inverno, principalmente nas áreas mais sensíveis do corpo.

4. Hidrate os lábios

Assim como a pele, os lábios também precisam de atenção extra nessa época do ano. Visto que, a pele dos lábios não possuem glândulas sebáceas e é mais fina do que o restante do corpo.

Dentre os fatores que contribuem para as fissuras labiais estão:

  • A falta de umidade no ambiente;
  • O hábito de passar a língua com o intuito de umedecer os lábios com a saliva;
  • A respiração pela boca quando o nariz está entupido devido aos resfriados.

Por isso, use e carregue sempre na bolsa um protetor labial, principalmente os que contenham vitamina B15 e com FPS. Pois, eles ajudam na prevenção e no tratamento das rachaduras.

Cuidados com a pele e o cabelo durante o inverno

5. Umidifique o ar

Durante o inverno o ar fica mais seco, dificultando bastante a respiração e deixando as narinas e a garganta seca.

Além disso, quando a umidade do ar fica abaixo de 20%, podem ocorrer irritação nos olhos, crises alérgicas e ressecamento da pele.

E quem já sofre com asma ou bronquite, nesse período os sintomas acabam piorando ainda mais.

Portanto, para amenizar o clima seco é aconselhável usar um umidificador de ar eletrônico ou realizar algumas técnicas caseiras, como:

  • Colocar um balde de água dentro do quarto;
  • Colocar uma toalha molhada próximo à cabeceira;
  • Deixar o ambiente limpo e sem muitos objetos próximos da cama;
  • Colocar plantas dentro de casa, principalmente as plantas aquáticas ou Samambaias, Espada de São Jorge, Aloe Vera etc.

6. Lave o rosto antes de dormir

Os resíduos de cosméticos, maquiagem e as impurezas que acumulam na pele por um longo período podem entupir os poros.

Logo, esse fator é o grande responsável pelo aparecimento de acne e outros probleminhas chatos na pele.

A melhor maneira de mantê-la saudável é deixar a preguiça de lado e limpar o rosto antes de se deitar.

Dormir com a pele limpa colabora com a renovação celular realizada durante o sono. Porque é nesse momento que as células trabalham mais para renovar o tecido.

7. Use creme hidratante

O uso de cremes hidratantes, especialmente após os banhos, é um dos contribuintes para combater o ressecamento e a aspereza da pele durante o inverno. Visto que, ela é o único órgão do ser humano que fica totalmente exposto.

Contudo, é preciso verificar qual é o seu tipo de pele e quais áreas precisam de mais atenção.

Pois, geralmente os cotovelos, joelhos, mãos e pés são os que mais sofrem com o ressecamento.

Não devemos nos esquecer do rosto, uma vez que essa área também fica muito exposta à poluição e demais resíduos.

Por isso, para peles normais ou secas, prefira cremes mais concentrados e que contenham ceramidas, ceras e agentes hidratantes de superfície.

Já para peles oleosas ou mistas, busque hidratantes mais leves e oil-free (que não tem óleo em sua composição).

8. Use protetor solar

Nos dias frios ou chuvosos grande parte das pessoas acha que não é necessário o uso de protetor solar. Porém, isso é um grande equívoco para a saúde da pele.

A radiação ultravioleta está presente em todos os dias do ano, mesmo estando frio, chuvoso ou nublado.

Por isso, a aplicação correta de filtro solar, com fator 30 no mínimo, deve se tornar um hábito diário.

E lembre-se sempre de reaplicá-lo a cada duas horas para reforçar a proteção, inclusive no inverno.

Esperamos que goste dessas dicas para os cuidados com a pele e o cabelo durante o inverno. Se desejar, deixe sua mensagem ou sugestão aqui nos comentários!

Postagens semelhantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *